Sintetizando: As Crônicas de Gelo e Fogo – A Guerra dos Tronos

Olá, caros leitores famintos por literatura fantástica!

A síntese de hoje se refere a um dos livros que achei mais fascinantes na vida: A Guerra dos Tronos, e que já foi citado aqui como uma das leituras preferidas da Mayla em 2016.

A obra, do genial George R. R. Martin e publicada no Brasil pela Editora LeYa, compõe a coleção d’As Crônicas de Gelo e Fogo, que até o momento possui cinco livros (o sexto está sendo escrito). Tal coleção inspirou a renomada série Game Of Thrones, produzida e exibida pela HBO.

Confira a seguir a sinopse do livro:

“Em uma terra onde o verão pode durar décadas e o inverno toda uma vida, os problemas estão apenas começando. O frio está de volta e, nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. No centro do conflito estão os Stark do reino de Winterfell, uma família tão áspera quanto as terras que lhe pertencem.

Dos lugares onde o frio é brutal até os distantes reinos de plenitude e sol, George R. R. Martin narra uma história de lordes e damas, cavaleiros e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. Entre disputas por reinos, tragédias e traições, vitória e terror, o destino dos Stark, seus aliados e seus inimigos é incerto. Mas cada um está se esforçando para ganhar este conflito mortal: a guerra dos tronos.”

guerra-dos-tronos-volume1O livro nos introduz a um mundo distinto do que conhecemos: o continente de Westeros, composto por Sete Reinos e dividido em Norte (frio) e Sul (com clima que se assemelha ao mediterrâneo). O Norte é cortado pela Muralha, um muro de gelo construído há milhares de anos que protege os Sete Reinos de misteriosas forças do mal, e ao Sul fica Porto Real, que abriga a família Real, que governa quase toda Westeros (exceto as Cidades Livres).

Há dois mapas impressos no livro e um apêndice com informações sobre as Casas (famílias), que podem (e devem) ser consultados ao longo da leitura.

É a partir do conhecimento de tal mundo completamente novo que George R. R. Martin nos mostra o culminar de uma guerra mundial: que motivos levam a ela, como ela se desencadeia, quais são suas regras (elas existem mesmo?), como e por que são criadas e rompidas as alianças e, principalmente, do que as pessoas são capazes pelo poder.

A perspectiva é bem distinta do que nos acostumamos com filmes sobre guerra, já que estes praticamente retratam apenas a realidade dos campos de batalha, com intervalos para conhecermos os personagens. A Guerra dos Tronos se distingue por nos mostrar que, em guerras que duram décadas, a maior parte do tempo e da energia são dispendidos em tramas políticas, manipulações e traições, e não na batalha corpo a corpo.

A escrita do livro é muito interessante por seus capítulos serem divididos de acordo com a visão de cada personagem (inclusive, os títulos dos capítulos se resumem aos nomes dos personagens principais). Apesar disso, incrivelmente é narrado em terceira pessoa: é como se o narrador fosse afetado pela percepção e pelos sentimentos do personagem em questão. A partir daí, portanto, o desenrolar da guerra é apresentado, mostrando-se o que acontece a partir de diferentes pontos de vista, em distintos lugares do planeta ao mesmo tempo.

A leitura é mais lenta que o comum, mas isso não é um ponto negativo. Muito pelo contrário: o excesso de detalhamentos e descrições aperfeiçoa a experiência em um nível muito aquém da maioria das obras. O transporte do leitor quase que literalmente ao interior das cenas de cada capítulo é inevitável e, por isso mesmo, não me sentia o tempo todo disposta a devorá-lo, uma vez que a leitura significaria viver a narrativa, não simplesmente ser apresentada a ela.

Se você gosta de uma história bem construída e de se surpreender, A Guerra dos Tronos é o livro certo pra você!

17 comentários em “Sintetizando: As Crônicas de Gelo e Fogo – A Guerra dos Tronos

Adicione o seu

    1. Olá, Vitor!
      Fico feliz que o post crie “vontades” nos leitores hahaha
      Vc já leu os livros? E pq parou de assistir à série?
      Todos valem muito a pena!
      Muito obrigada por passar por aqui!

      Curtir

  1. Olá,

    Acho que a escrita do George é unanimidade entre todas as pessoas, nunca vi alguém que se aventurou na leitura de “As Crônicas de Gelo e Fogo” criticando-o neste ponto. Eu tenho o primeiro livro da série, mas ainda não criei coragem para lê-lo, fico postergando a leitura por ser tão grande e a letra não ajudar muito. Quanto a GOT, comecei a assistir mais parei, não me prendeu tanto quanto eu esperava (sim, sou mega estranha). Mas pretendo voltar a assistir a série e ler os livros (TODOS!).

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Alice,
      Nossa, imagino o quanto vc deve sofrer bullying por não gostar de GoT hahaha
      De qualquer forma, se gosta de uma leitura rica e fascinante, dê uma chancezinha pro titio George!

      Curtir

  2. Meu Deus, devo dizer que louvo a sua coragem e a sua paciência para ler estes livros. Eu amo ler e até gostava da série, que apenas deixei de ver porque não aguento séries nas quais tenha de esperar por novas temporadas e que tenham episódios muitos longos. Concluindo, esta não era para mim! Talvez daqui a uns anos volte a ela…
    Relativamente aos livros, um amigo meu tinha e eu pedi emprestado para ler. Trouxe-os todos para casa mas não consegui nem chegar a meio do primeiro e na semana seguinte devolvi. Achei demasiado chato, apesar de ter uma ótima história.
    Mas gostei da sua resenha! Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Bea,
      Ainda não li todos, só o primeiro! Confesso que a leitura, de tão rica, chega a ficar exaustiva, e prometi pra mim mesma que ficaria bem longe de George R. R. Martin quando acabasse. Acredita que, pra minha surpresa, senti muita falta quando terminei??
      Obrigada pelo comentário! Apareça sempre 🙂

      Curtir

  3. Oi Gabi, tudo bem?
    Eu estou com esse mesmo livro encostadinho na minha estante há algum tempo… Sinto que vou precisar de muita atenção pra quando for lê-lo, ainda mais porque vejo a série e tenho medo de bagunçar tudo. Gostei muito de como você o sintetizou! Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Gi,
      Pra falar a verdade, percebi que por ter lido depois de assistir à série talvez tenha tido maior facilidade em me acostumar à quantidade de lugares e de personagens descritos.
      Depois de ler, volte aqui e divida suas impressões conosco.
      Muito obrigada pela visita!

      Curtido por 2 pessoas

  4. Olá Vitor

    Eu comecei a ler esse livro e parei um pouco por achar a história bem lenta mesmo, mas claro que vou terminar porque mesmo que tenha detalhes demais a historia é magnifica.
    Adorei sua resenha
    Beijuh

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi!

    Eu tenho muita vontade de ler essa série, tenho até o livro, mas bate uma preguicinha é tão grande rs, Minha meta é ler o primeiro em 2017, to prometendo e pretendo cumprir, enquanto isso vou assistindo a série televisiva que diga-se por sinal é maravilhosa.

    Ótima indicação!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Camila,
      Eu leio muito (muito mesmo) devagar e consegui terminá-lo em menos de dois meses. Se vc assiste à série (sim, MARAVILHOSA), acredito que vá adorar o livro tb.
      Só acho hehehe
      Volta aqui depois e conta pra gente o que achou!

      Curtir

  6. Ah… Esse livro me apresentou duas coisas fantásticas. Primeiro (Alerta de Spoiler) a oportunidade de conhecer o personagem mais fantástico de todo o mundo medieval: “Jon Snow” (O Norte se lembra).

    E segundo, mas quase na mesma linha… A oportunidade de conhecer “Kit Harington” intérprete de Jon Snow. Devo isso ao livro também, porque se não fosse a mente brilhante e sombria de R. R. Martin eu jamais conheceria esse trabalho fabuloso de Harington.

    Mas voltando ao livro…

    Eu conheci primeiramente a série, me encantei no primeiro episódio, e continuei a assisti-la até o final. Mas aí veio “Um Mal Necessário”. A primeira temporada havia acabado, mas eu senti que precisava mais, bem mais… Eu queria descobri tudo que se passava no universo de gelo e fogo, então…

    Maratonei todos os livros publicados até então antes que a segunda temporada fosse ao ar. Como sou dono da minha própria empresa, eu tinha liberdade de ler a hora que queria kkk. Eu lia praticamente umas cinco ou seis horas por dia, levou uns seis meses ou talvez um pouco mais, mas antes que iniciasse a segunda temporada eu havia terminado de ler todos os livros publicados até então. E embora já tenha assistido a última temporada da série, estou ansioso para que George lance logo “Ventos de Inverno”.

    Gostei muito da sua resenha, a forma como falou do livro me pareceu verdadeiramente apaixonada, e isso não tem preço. Acho que esse é uma das várias virtudes da obra de George R. R. Martin, ele consegue fazer com que venhamos a nos apaixonar até por seus vilões.

    Parabéns pelo blog, parabéns pela resenha e parabéns pela indicação, sucesso!

    Obs: Eu escrevo contos de romance e poemas, se quiser dar um pulinho lá depois:

    http://www.franklinsousa.com.br

    Vou indicar os dois que mais gostei de escrever:

    http://www.frankilnsousa.com.br/o-misterio-da-rua-15/

    http://www.franklinsousa.com.br/final-alternativo/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Franklin,
      É muito bom saber que tem mais gente fissurada como eu hahaha
      A obra dele é realmente apaixonante, assim como a série!
      Obrigada pelo comentário, volte sempre e vou lá dar um pulinho no seu site.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: