Experiência Nerd: Paris + Mont Saint Michel

Saudações, meus queridos nerds viajantes!

No final de 2016, eu tive a maravilhosa experiência de conhecer Paris e Mont Saint Michel, na França. E como boa nerd que sou, tentei aproveitar ao máximo os dias de estadia para conhecer alguns dos principais pontos turísticos da cidade. Então, para organizar os meus dias, elaborei um roteiro e compartilharei agora com vocês.

Ficamos hospedados, meu marido e eu

, no bairro Montmartre, conhecido pelo seu estilo boêmio e pelos fãs de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, e utilizamos o metrô para conhecer os pontos turísticos. Somos do tipo de turistas que gostam de caminhar pelas ruas da cidade e aproveitar cada detalhe. Assim, pegávamos o metrô até o bairro que queríamos e íamos caminhando até os locais (parando para comer crepes nesse meio tempo haha), com a ajuda de um mapa da cidade que pegamos no hotel.

Primeiro dia:

Onde:Musée du Louvre

Como chegar:Palais Royal/Musée du Louvre

Entrada: compre aqui http://www.louvre.fr/

Reservamos a maior parte desse dia para conhecer o Musée du Louvre, um dos maiores e mais famosos museus do mundo. Descemos na estação Palais Royal/Musée du Louvre, que dá acesso à entrada do museu, sem precisar pegar aquela fila enorme que fica na conhecida pirâmide. Chegamos cedo, no horário de abertura, e já havíamos comprado os ingressos antecipadamente no site oficial, e tivemos muita sorte, pois estava vazio. O museu é lindo, e foi uma experiência emocionante, e mesmo que você tenha que enfrentar filas para entrar no local, é uma parada obrigatória no tour pela cidade. E prepare-se para andar! Reservamos a maior parte do dia e conhecemos apenas um terço do museu.

Onde:Catedral de Notre Dame

Como chegar: metrô Cité

Entrada: informações aqui http://www.notredamedeparis.fr/visites/

Ao sair de lá, caminhamos pelo Jardin des Tuileries e fomos até a Catedral de Notre Dame, tão conhecida pelo filme da Disney, inspirado no romance do escritor francês Victor Hugo. Nós fomos andando, mas, se preferir, você pode pegar o metrô e descer na estação Cité, porque é um pouco longe, embora a experiência não seja a mesma.

Ah! Também aproveitamos para passar em uma loja da FNAC para comprar os ingressos para o Musée D’Orsay, que visitamos no terceiro dia.

Segundo dia:

Onde: Mont Saint Michel

Como chegar: Ônibus de excursão/ aluguel de carro

Entrada: compramos a excursão pelo Decolar.com e já estava inclusa a entrada na abadia, mas pode ser paga no local.

Fizemos uma excursão para Mont Saint Michel, que compramos pelo decolar.com antes de viajar.

O Mont Saint Michel fica localizado na Normandia, a cerca de 360km de Paris. Crê-se que a história da abadia do monte Saint-Michel começou em 708, quando Aubert, bispo de Avranches, mandou construir no monte Tombe um santuário em honra a São Miguel Arcanjo (Saint-Michel). No século X os monges beneditinos instalaram-se na abadia e uma pequena vila foi-se formando aos seus pés. Durante a Guerra dos Cem Anos, entre França e Inglaterra, o Monte Saint-Michel foi uma fortaleza inexpugnável, resistindo a todas as tentativas inglesas de tomá-la e constituindo-se, assim, em símbolo da identidade nacional francesa. Após a dissolução da ordens religiosas ditadas pela Revolução Francesa de 1789 até 1863 o Monte foi utilizado como prisão. Declarado monumento histórico em 1987, o sítio figura desde 1979 na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. (Fonte: Wikipedia)

20170215_171803.jpgAos fãs do escritor brasileiro Eduardo Spohr (sobre o Dudu? clique aqui e aqui), Mont Saint Michel inspirou a criação da cidade fictícia Marie et Louise, que aparece no capítulo 9 de Filhos do Éden – Anjos da Morte.

Poder estar neste lugar foi uma das experiências mais fantásticas da minha vida. Senti que havia passado por um portal e entrado em um mundo fictício, em um passado distante.

Terceiro dia:

Onde: Musée d’Orsay

Como chegar: metrô Assemblée Nationale

Entrada: compramos os ingressos pela Fnac para não pegar fila, mas podem ser comprados no local.

O Museu de Orsay (musée d’Orsay em francês) é um museu na cidade de Paris, na França. Situa-se na margem esquerda do rio Sena no VII arrondissement. As colecções do museu apresentam principalmente pinturas e esculturas da arte ocidental do período compreendido entre 1848 e 1914.Entre outras, estão aí presentes obras de Van Gogh, Susana, Degas, Maurice Denis, Odilon Redon. Existem também exposições temporárias que ocorrem paralelamente à exposição permanente. (Fonte: Wikipedia)

Depois, com muita coragem, após andar pelo museu inteiro, fomos caminhando (mais uma vez) até o Hôtel des Invalides/ Musée de l’Armée.

Onde:Musée de l’Armée

Como chegar: metrô Invalides

Entrada: Não costuma ter grandes filas, então pode comprar no local. Siga as placas que você encontrará a bilheteria.

O Hôtel National des Invalides, ou Palácio dos Inválidos, é um enorme monumento parisiense, cuja construção foi ordenada por Luís XIV, em 1670, para dar abrigo aos inválidos dos seus exércitos. Hoje em dia, continua acolhendo os inválidos, mas é também uma necrópole militar e sede de vários museus. (Fonte: Wikipedia)

Onde:Torre Eiffel

Como chegar: metrô Trocadéro

Entrada:compre pelo site oficial http://www.toureiffel.paris/pt

Saindo do último museu, apreciamos a paisagem do outono francês em um final de tarde enquanto nos dirigíamos à Dama de Ferro, a Torre Eiffel. Por questões de superlotação, não quisemos subir nos andares da torre, então não tenho como descrever essa experiência.

Quarto dia:

Onde:Jardin du Luxembourg

Como chegar: o metrô não te deixa muito perto, nós descemos na Odeon.

Entrada: entrada ao parque gratuita.

Neste dia cinzento resolvemos passear pelo Jardin du Luxembourg, o que conferiu todo o colorido de que precisávamos no dia. Na minha opinião, cada estação tem seus encantos, e o outono é tão belo quanto as demais.

O Jardim do Luxemburgo ou Jardin du Luxembourg é o maior parque público da cidade de Paris com mais de 224 mil m², localizado no 6º arrondissement. O Jardim do Luxemburgo atualmente pertence ao Senado da França, que está sediado no famoso Palácio do Luxemburgo.

O jardim possui um enorme parterre decorado com uma coleção exuberante de estátuas e também com pequenos lagos destinados ao lazer infantil. O jardim inclui também um pequeno teatro de fantoches, um pomar e um restaurante. Fica próximo ao Teatro Odéon. (Fonte: Wikipedia)

20170215_171923.jpgAproveitamos a visitinha ao Quartier Latin, para mais um momento de fã do Spohr e conhecemos o Le Procope, citado no capítulo 18 do Filhos do Éden – Anjos da Morte.

Lendário restaurante no 6 º arrondissement de Paris desde 1686, Le Procope é um lugar cheio de história. Refletindo o seu prestígio e cenário histórico, o Procope oferece cozinha tradicional através de diferentes especialidades, como Coq au vin. (Fonte: site oficial)

Sobre o bairro: é encantador!

Quinto dia:

Onde: Sacré Coeur

Como chegar: metrô Abesses

Entrada: gratuita para visitar a igreja. O funicular (bondinho) é pago.

Tiramos o dia para passear pelo bairro em que nos hospedamos e conhecer a La Basilique du Sacré Cœur de Montmartre. Nós dispensamos o bondinho que fica no início da subida de acesso à igreja e escolhemos a escadaria imensa. Com o friozinho que estava fazendo, serviu para aquecer o corpo.

O bairro próximo à basílica tem várias lojinhas de souvenires, nas quais encontrei os itens mais interessantes. Preciso dizer que tem de tudo do Pequeno Príncipe?

Sei que o post ficou enorme, mas quis compartilhar com vocês as minhas experiências e quem sabe ajudar outro nerd viajante. Paris é linda, acredito que em qualquer época do ano, e eu precisaria passar uma vida para conhecer todos os seus encantos. Exclui do roteiro os dias de chegada e partida, pois os deixei livres, para descansar, comprar alguma lembrancinha de última hora ou simplesmente tomar um café observando a paisagem parisiense.

“Sempre teremos Paris.” (Que iniciem as referências!)

Até a próxima!

3 comentários em “Experiência Nerd: Paris + Mont Saint Michel

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: