Sintetizando: Dexter

Olá, queridos matadores de séries!

Hoje, vamos falar sobre esta série que não é tão novinha, mas que tem muita gente que ainda não assistiu.

Sinopse

A série de TV que conquistou o público e críticos no Brasil, conta a história de Dexter Morgan, órfão aos quatro anos e adotado por um policial, que identifica suas tendências homicidas e as canaliza de forma construtiva, tornando-o um respeitado membro da corporação policial, um perfeito cavalheiro, acima de qualquer suspeita. Ao longo de suas oito temporadas, Dexter foi indicado vinte cinco vezes ao Emmy® e levou os prêmios de Melhor Direção de Série Dramática e Melhor Ator Coadjuvante de Série Dramática para John Lithgow. No Globo de Ouro® foram dez indicações sendo os prêmios adquiridos os de Melhor Ator de Série de TV (Michael C. Hall) e Melhor Ator Coadjuvante de Série de TV (John Lithgow). “Dexter” é estrelado pelo ator Michael C. Hall (da série “A Sete Palmos”), Julie Benz (das séries “Law & Order”, “CSI” e “Supernatural”), além de Jennifer Carpenter (“O Exorcismo de Emily Rose”) e James Remar (das séries de TV “Jericho”, “CSI Miami” e “Sex And The City”). (Fonte: Saraiva)

Opinião do Síntese Nerd

Logo quando comecei a assistir à série já me apaixonei. O primeiro episódio já me deixou presa de uma forma que não tive como não querer maratonar.

dexterComo dito na sinopse, Dexter é um respeitado policial, e imaginá-lo dividindo sua rotina com as atividades de um serial killer soa um tanto quanto incompatível – pra não dizer impossível. Por isso, a trama vai sendo construída de forma interessante e tensa, cavando a fundo as diversas camadas de um assassino em série que foi forçado a conviver em sociedade, bem como daqueles que o rodeiam e têm que conviver com seu temperamento peculiar.

Sua timidez e apatia são características tão comumente encontradas que, com o passar dos episódios, é inevitável desenvolvermos uma certa neurose de que podemos estar Dexter Season 8simplesmente rodeados de psicopatas – ou, se você se encaixa em tal descrição, pode mesmo começar a questionar seus valores.

Contudo, com o desenrolar da história, passamos a perceber que outras características também diferenciam um psicopata de um não-psicopata, e o fato da série nos fazer torcer por quem normalmente seria considerado o vilão incontestável faz com que reflitamos sobre nossa própria sanidade.

dexter_crime_sceneDexter consegue ser cômico, trágico, surpreendente e caloroso ao mesmo tempo, mas é principalmente muito triste. E nem estou me referindo ao final, que na minha opinião foi desastroso, pra ser muito polida no vocabulário.

Resumindo: a série vale a pena, mas atenha-se às primeiras temporadas (a partir da quinta, é ladeira abaixo). E não se esqueça de assistir com muito carinho à sequência de abertura, que é simplesmente fantástica!

Dica do Síntese Nerd

dexter_livros

A série foi inspirada na coleção de livros homônima. Ao todo, são oito livros, publicados no Brasil pela Editora Planeta: Dexter – A mão esquerda de Deus (2006), Querido e Devotado Dexter (2009), Dexter no Escuro (2010), Design de Um Assassino (2011), Dexter É Delicioso (2011), Duplo Dexter (2012), Dexter em Cena (2013) e Dexter Está Morto (2015).

Se você curtiu esse post, deixe aí seu comentário e siga-nos nas redes sociais!

Imagens de divulgação. Se alguma imagem utilizada for de sua autoria, entre em contato conosco.

14 comentários em “Sintetizando: Dexter

Adicione o seu

    1. Olá!
      Imagina! A série está muito longe de ser sobre terror. Mas é comum imaginar isso, uma vez que o protagonista é um assassino em série, né?
      Assista e volte aqui pra nos contar o que achou.
      😉

      Curtir

  1. Oie, tudo bem? Confesso que essa série é uma das poucas que nunca assisti nenhum episódio. Talvez pela expressão no rosto dele ou por achar que é um tanto violenta rs Apesar de assistir bastante CSI e outras séries do gênero ainda não dei oportunidade para Dexter. Quem sabe depois do seu post não assista pelo menos um episódio para mudar minha perspectiva? Beijos, Érika =^.^=

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Érika!
      Imagina! Dexter é muito mais psicológico do que violento. Vale a pena dar uma chance.
      Depois volte aqui pra nos contar o que achou.
      😉

      Curtir

  2. Por que sempre estragam as séries no final, hein? É muito difícil ver uma série grande, com muitas temporadas, terminar bem. Parece que o autor não quer largar o osso e fica enchendo linguiça e se perde na história!
    Enfim, é uma série que eu quero, mas ao mesmo tempo resisto muito em ver porque eu fico muito impressionada com cenas mais… fortes. Ela tá na minha lista ali, quietinha, um dia eu resolvo o que fazer com ela, rs.

    Ótima resenha!
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Amanda,
      Eu costumo ser bem otimista em séries no geral. Na maioria das vezes quando as pessoas acham uma temporada chata eu to super entusiasmada. Mas Dexter, principalmente em seu último episódio, me decepcionou.
      Mas no geral a série é muito boa! E não acho que tenha tantas cenas impressionantes, não.
      Veja lá e volte pra nos contar o que achou.
      😉

      Curtir

  3. Quando comecei a assistir Dexter eu simplesmente não consegui parar… Tenho uma vibe muito Debra Morgan de falar e a série só piorou esse meu lado… rsrs
    Acho que a série teve um bom desenrolar, mas realmente eles se perderam mais pro fim. E, ela faz a gente questionar vários conceitos de moral e de certo e errado. É uma boa recomendação.
    xoxo

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Rê,
      Nossa, a Debra foi minha personagem predileta da série, sem sombra de dúvidas!
      Obrigada por suas impressões! Saiba que é sempre bem vinda por aqui.
      😉

      Curtir

    1. Oi Lilian,
      Nossa, parabéns por ter conseguido maratonar em uma semana hahaha
      Queria, mas não consigo assistir a muitos episódios seguidos de série nenhuma.
      😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: