Sintetizando: A Amiga Genial – Elena Ferrante

Saudações, meus queridos nerds!

Já fazia um tempinho que A Amiga Genial estava na minha lista de livros a serem lidos. Agora que li, só me arrependo de não ter feito isso antes. Vejam o porquê:

A autora:

 

Elena-Ferrante-série-napolitana

Elena Ferrante é, na verdade, o pseudônimo de uma escritora italiana. Sua verdadeira identidade ainda é desconhecida. Autora de diversos títulos, dentre eles os que compõem a série napolitana (A Amiga Genial, História do Novo Sobrenome, História de Quem Foge e de Quem Fica, e História da Menina Perdida), que a consagrou como uma das mais importantes escritoras da atualidade.

 

 

Sinopse:

amiga_genial_CAPA.pdf

Primeiro livro de uma tetralogia passada em Nápoles, esta é uma história sobre mulheres – sobre o conflito e o afeto entre duas meninas, que, ao crescer, duelam, se completam, se separam e se unem quase indistintamente. E é dessa luta que nasce a personalidade ímpar desta história: em uma cidade que ainda sofre as consequências da Segunda Guerra, Lila e Elena vivem no limiar entre a realidade, que oferece tensão e violência, e o imaginário, que busca aprendizado, glamour, desejo e beleza.

 

 

 

Opinião do Síntese Nerd:

O livro inicia com o filho de Lila entrando em contato com Elena (Lenu, como é conhecida) para contar sobre o desaparecimento da mãe. Lila queria apagar todos os vestígios de sua existência, e sumiu com tudo o que evidenciasse seu passado. Com certa irritação, Lenu começa a escrever o seu relato e coloca no papel tudo o que lembra de Lila desde o dia em que se conheceram. Assim, nasce uma das mais incríveis obras que tive a oportunidade de ler.

Com escrita clara, verdadeira e profunda, a autora nos transporta a uma Nápoles no final dos anos 50. Acompanhamos então a infância e adolescência das duas meninas em um bairro pobre, com todas as descobertas, aventuras e conflitos da idade. Sua narrativa realista e extremamente descritiva marca profundamente as lembranças de Lenu. Sua maneira de contar é fortemente marcada por características subjetivas e emocionais. Essa proximidade com o mundo narrado revela fatos e situações que somente a narrativa em primeira pessoa pode proporcionar. São essas características que alimentam a suspeita de que a escritora tenha vivido na região de Nápoles, o que nunca foi confirmado.

Só posso dizer que fui conquistada por essa obra, e já coloquei todos os outros livros da autora na minha lista. Dê uma oportunidade a Elena Ferrante e venha conhecer a história de Lenu.

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: