Sintetizando: The Walking Dead – 8ª temporada – parte I

Saudações, meus queridos nerds! No último domingo 10 de dezembro foi exibido o episódio 8 da oitava temporada de The Walking Dead, e o final foi desestruturador! Confira abaixo a resenha COM SPOILER da primeira parte desta temporada.

CONTÉM SPOILER!

the walking dead dont open

Há um bom tempo que The Walking Dead não vem satisfazendo os fãs. Eu, particularmente, já gostei mais e também já gostei menos. E não estou falando dos supercomentados episódios parados, pois entendo que para o desenvolvimento de uma série de drama, os personagens e conflitos humanos devem ter grande foco. A questão também ultrapassa a comparação entre série e HQ, uma vez que estas não estão sendo seguidas desde o início. Alguns detalhes foram deixados de lado e, por mais que algo seja completamente ficcional, deve parecer ao menos verossímil.

A temporada prometeu a batalha mais revolucionária da série, implicando na queda dos Salvadores, e muitos episódios cumpriram com o prometido, mas não foi bem assim… Se tem algo que me incomoda é a habilidade do Rick de atirar na cabeça de um zumbi a metros de distância, mas ser incapaz de acertar o Negan com uma arma com mira. Ah! Mas ele é um ponto importante da história e ainda tem muito o que ser desenvolvido. Ok, conversaremos sobre isso adiante.

Alguns episódios foram realmente emocionantes, e vibramos com o sucesso do grupo Alexandria+Reino+Hilltop, mas nem tudo foi como o planejado, e depois de atos egoístas e/ou impensados de certos personagens, o jogo virou e os Salvadores reassumiram o poder.

A morte de Shiva:

Essa foi a parte mais triste da temporada! Eu imaginava que a tigresa morreria, mas pelas mãos de Negan, e não por meia dúzia de zumbis tóxicos podres (está aí uma parte que achei improvável, mas ok). Achei sem sentido, embora tenha salvado a vida do Rei Ezequiel.

Com a morte de sua melhor amiga, e de quase todos os seus companheiros, Ezequiel passa por um momento de fraqueza, que nos faz duvidar da capacidade do personagem em enfrentar o que vem pela frente.

As escolhas de Eugene:
dwight-negan-eugene-the-walking-dead-8-temporada
Jeffrey Dean Morgan como Negan, Josh McDermitt como Dr. Eugene Porter, Austin Amelio como Dwight – Crédito da foto: Alan Clarke/AMC

Eugene sempre foi um dos personagens que mais me incomodou. Seu egoísmo quase que constante e sua habilidade para mentir descaradamente, além de seu rosto inexpressivo, sempre me causaram certa aversão. Sua contribuição para o sucesso dos Salvadores agravou um pouco o caso, e nem o auxílio tardio ao padre Gabriel modificou o meu desejo de que ele seja a próxima vítima de um zumbi faminto.

A forte liderança de Maggie:

twd maggie

Onde está a barriga da Maggie? (haha) Bem, segundo os produtores, a linha temporal de TWD é bastante lenta, por isso a barriga ainda não apareceu, e talvez nem devêssemos esperar por isso.

O que importa, na verdade, é que a viúva tomou a liderança de Hilltop e, de sua maneira estratégica, lutou pela segurança de seus aliados. Temos um maior destaque da personagem, que já perdeu todos a quem amava e sofreu muitas mudanças nas últimas temporadas.

A despedida de Carl:

twd carl

E a grande surpresa se confirma. Na cena final do episódio temos a maior reviravolta que separa ainda mais a série dos quadrinhos: Carl foi mordido. E não foi uma mordida em um lugar amputável, foi no abdômen. Não restam dúvidas quanto ao destino do personagem, que já foi inclusive confirmado pelo ator Chandler Riggs.

The Walking Dead mostrou com isso que, mesmo sendo um personagem importante, um apocalipse zumbi não escolhe suas vítimas. E que até quem possui grandes habilidades de defesa poderá ser derrubado. A nós, resta esperar para descobrir como isso afetará Rick e consequentemente todos ao redor.

A série é exibida pela FOX no Brasil, e retornará em 25 de fevereiro.

Até a próxima!

 

 

 

Imagens de divulgação. Se alguma das imagens usadas forem de sua autoria, entre em contato conosco.

4 comentários em “Sintetizando: The Walking Dead – 8ª temporada – parte I

Adicione o seu

  1. A morte do Carl ao meu ver foi muito ruim no que diz respeito a audiência da série, se for confirmada vai ser uma tentativa desesperadora de fazer a série voltar ao seu auge, porém não é só o fato dele ter morrido, é toda a enrolação de cenas desnecessárias que acontecem o tempo todo que causam o desconforto do público.

    Curtir

    1. A morte do Carl já foi confirmada pelo ator. Eu sinceramente nunca gostei muito do personagem, mas muitos fãs o adoram. Eu acredito que TWD precisa levar mais em conta o que os espectadores estão falando, já que a audiência tem caído há um certo tempo. Já deu para perceberem que este formato não deu certo. Nos resta aguardar os próximos episódios.

      Curtir

  2. Depois da suposta e morte do Carl eu não estou me interessano mais na serie como antes, perdeu muito a graça. Os personagens que mais amamos estão morreno, sem dizer que a própria direção sa serie disse que o Rick pode morrer, Não gostei disso. TWD tem que dar uma super volta por cima ou vai continuar perdendo audiencia!!

    Curtir

    1. As mortes de personagens queridos não me abala (Game of Thrones me acostumou a isso haha),o que me incomoda é a mesmice na qual a série caiu. Concordo com você sobre a reviravolta, se não mudarem o foco, continuarão perdendo. :/

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: