Sintetizando – The Sinner

Saudações, queridos nerds!

Vamos hoje falar um pouco COM SPOILERS sobre essa minissérie surpreendente e de tirar o fôlego.

Resumo

Uma jovem mãe esfaqueia um desconhecido até a morte. Agora o detetive do caso não vai sossegar até desvendar o que há por trás das memórias desaparecidas da assassina (Fonte: Netflix).

Opinião do Síntese Nerd

Desde o início, a série cumpre com seu papel de deixar o espectador louco de curiosidade e com a pulga atrás da orelha, se perguntando: “por que ela fez isso?”, “por que aquela música representava tanto pra ela?”, “quantos e quais traumas Cora carrega consigo?” e “será que existe alguma forma de se provar inocência em um crime tão flagrante?”. Sim, porque, pra mim, desde o início ficou bem claro que o mote da trama seria Cora sendo inocentada.

the sinner.jpegA qualidade da atuação de Bill Pulman (detetive Harry) já era inquestionável, mas Jessica Biel (Cora) foi quem realmente surpreendeu. Já no primeiro episódio, pudemos sentir como seu dia-dia parecia ser um constante estado entorpecido, com o modo automático acionado e de certa forma infeliz. No início, temos a impressão de que se trata de mais uma dona de casa infeliz com a rotina. Só que, ao testemunharmos o assassinato tão cheio de ódio e desespero que Cora comete, passamos a ter certeza de que algo mais profundo reside na sua infelicidade.

Além disso, ao conhecermos a relação com sua irmã Phoebe (Nadia Alexander) e com sua the sinner 2mãe Elizabeth (Enid Graham), passeamos entre dó e raiva de Cora constantemente, já que sua submissão perante as duas é revoltante. Acredito em histórias, atores e atrizes que nos despertam sentimentos, e Jessica Biel conseguiu provocar vários em mim.

Contudo, algumas falhas me incomodaram muito ao terminar de assistir a The Sinner.

Uma delas é o fato de que, apesar de ter sido drogada na noite da morte de sua irmã e ter sido considerada incapaz perante o tribunal, em nenhum momento se falou sobre Cora ter sido cúmplice na ocultação do cadáver de Phoebe, o que também é crime.

The Sinner - Season 1A outra, que acho que é mais grave ainda, foi a demora em entregar uma resolução. Achei muito ruim descobrir praticamente a história toda apenas no penúltimo episódio. Fui insistindo até esse episódio porque queria muito saber como Cora conseguiria sair inocente, mas confesso que já estava bem cansada de não ter pistas pra tentar desvendar aos poucos o caso, juntamente com o detetive Harry.

Fora isso, não tenho do que reclamar. The Sinner realmente vale a pena!

 

Se você curtiu esse post, deixe aí seu comentário e siga-nos nas redes sociais!

Imagens de divulgação. Se alguma imagem utilizada for de sua autoria, entre em contato conosco.

2 comentários em “Sintetizando – The Sinner

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: