Sintetizando: The End Of The F***ing World

Saudações, meus queridos nerds! Lançada há pouco tempo, com a produção britânica do Channel 4, The End Of The F*** World, adaptada dos quadrinhos de Charles S. Forsman, vêm conquistando uma legião de fãs.

A série acompanha a fuga de dois adolescentes: Alyssa, uma jovem rebelde com problemas familiares e nenhum filtro, e James, que inicia o relacionamento com Alyssa para atender a seus instintos psicopatas. Mas o que parecia ser uma obra sem muita profundidade se torna, gradualmente, uma importante discussão sobre o desenvolvimento das personalidades e amadurecimento dos personagens.

james the end of

Com um certo teor de violência e incomparável humor negro, a série conquista com seus personagens muito bem construídos. Embora cada um seja problemático a seu modo, o fator comum entre os dois e também as suas diferenças os aproximam. Mas suas escolhas os levarão em uma jornada não tão fácil, e a confusão é inevitável.

the-end-of-the-fucking-world-920x584

Essa série não é mais um clichê. Ao contrário, apesar do conteúdo romântico, ela não tem nada de leve. Os acontecimentos são narrados até mesmo com frieza, e a maneira que os dois encaram o mundo pode ser um tanto quanto incômoda. E o final é simplesmente perfeito! Eu não gostaria de uma segunda temporada, pois acredito que a série tenha atingido seu objetivo na primeira.

Além disso, a trilha sonora é fantástica! São apenas 8 episódios de 20 minutos cada, ou seja, MARATONA!

Depois nos conte o que achou!

Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: