Sintetizando: Baía da Esperança – Jojo Moyes

Saudações, meus queridos nerds!

Jojo Moyes têm feito um grande sucesso no cenário dos romances literários, e a resenha de hoje é de sua obra Baía da Esperança, escrita em 2007, e publicada no Brasil pela Editora Intrínseca em 2016.

A autora:

Jojo Moyes nasceu em 1969 em Londres. Trabalhou como jornalista durante dez anos, até 2002 quando decidiu se dedicar integralmente à carreira de escritora. Autora de mais de dez títulos, entre eles A última carta de amor, e Como eu era antes de você, que foi adaptado para o cinema com Sam Claflin e Emilia Clarke.

Sinopse:

Liza nunca conseguiu fugir do passado. Mas nas praias paradisíacas da encantadora comunidade de Silver Bay ela ao menos encontrou a liberdade e a segurança que procurava – se não para ela, para sua filha pequena, Hannah. Até que Mike Dormer se hospeda no hotel que Liza administra com a tia.

Um perfeito cavalheiro inglês, com roupas elegantes e olhar sério, Mike pode significar o fim de tudo que Liza trabalhou tão arduamente para proteger: não apenas o negócio da família e lugar que tanto gosta, mas principalmente a convicção de que ela nunca amaria nem seria digna de amor outra vez. (fonte: Intrínseca)

Opinião do Síntese Nerd:

A história se passa em uma pequena comunidade australiana que vive do turismo de observação de animais marinhos, e é narrada pelos personagens principais, alternando entre eles a cada capítulo. As paisagens paradisíacas, a emoção do contato com estes animais e a personalidade característica do povo que vive ali constroem o cenário deste romance comovente cheio de reviravoltas surpreendentes.

Liza é uma pessoa extremamente reservada e difícil de se aproximar, tudo isso devido a um grande mistério de seu passado envolvendo perdas e danos irreparáveis. Mike é um homem de negócios cumprindo ordens do chefe, que também é seu futuro sogro, e acostumado a receber ordens e ter pessoas direcionando seus passos. Os destinos dos dois se cruzam em uma situação que pode significar o fim de tudo a que Liza têm se segurado para se proteger das consequências de seu passado.

Com momentos muito emocionantes, personagens complexos e um mistério a ser esclarecido, o livro é facilmente “devorado” em poucas horas. A escrita já conhecida de Jojo garante o ritmo leve à narrativa. Embora não seja meu tipo favorito de romance (ainda prefiro os clássicos), é uma leitura agradável e encantadora.

Dica do Síntese Nerd:

Se gostou de Baía da Esperança, confira a resenha de Uma Semana de Inverno, de Maeve Binchy.

 

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: